Radar

2ºTrimestre 2017

Resultados do segundo trimestre de 2017 reforçam trajetória de recuperação do mercado
Apesar dos avanços, questões relacionadas à demanda e oferta de crédito ainda impõem desafios relevantes ao setor

Segundo informações do Radar Abrainc-Fipe, as condições gerais do mercado imobiliário melhoraram no segundo trimestre de 2017, com nota média de 3,5 na escala entre 0 (menos favorável) a 10 (mais favorável). O resultado evidencia um avanço de 0,6 ponto no comparativo com o primeiro trimestre (março/2017); avanço de 0,9 ponto frente à nota geral em dezembro/2016; e avanço de 0,7 ponto na comparação com a pontuação registrada em junho/2017. O resultado oferece novos sinais de recuperação do mercado, iniciada ao final de 2016, com destaque para as melhorias observadas no ambiente macro (atividade econômica, confiança e juros) e crédito imobiliário (condições de financiamento e concessões reais). Uma melhora significativa do quadro atual, entretanto, ainda passa pela superação de desafios importantes, como a redução da taxa de desemprego e a ampliação da massa salarial (com impactos sensíveis sobre a demanda pro imóveis). Finalmente, há espaço significativo para ampliar as condições de crédito e facilitar o financiamento imobiliário.

Veja AQUI
Continuar Lendo