Notícias

Movimento Reformar para Mudar debate reforma tributária

O movimento Reformar para Mudar é formado por 28 entidades da cadeia da construção que debatem periodicamente por meio dos seus representantes os desdobramentos econômicos e políticos do país sobre o setor

O Movimento Reformar para Mudar reuniu-se nesta terça-feira, 22 de outubro, para a apresentação da compilação dos estudos sobre a reforma tributária no segmento da incorporação imobiliária, realizada pelo gerente de projetos da Associação Brasileira de Incorporadoras Imobiliárias (Abrainc), Renato Lomonaco.

Lomonaco defendeu que a reforma tributária deva simplificar, desonerar a folha, não aumentar carga tributária setorial, não desincentivar funding setorial e não comprometer crescimento econômico.

A abertura do evento foi realizada pelo presidente da Associação Brasileira de Shopping Centers (Abrasce), Glauco Humai, que sediou o encontro com mais de 25 participantes; pelo presidente da Abrainc, Luiz França, e pelo presidente do Sindicato da Habitação (Secovi-SP), Basilio Jafet.

No encontro, Jafet apresentou uma lista com mais de 50 ações que foram desenvolvidas pelo Secovi-SP sobre o assunto e outras que ainda serão implementadas em outubro.

O movimento Reformar para Mudar é formado por 28 entidades da cadeia da construção que debatem periodicamente por meio dos seus representantes os desdobramentos econômicos e políticos do país sobre o setor.

Previdência

No primeiro semestre, o SindusCon-SP, por meio do Movimento Reformar para Mudar, em parceria com a Rede Apoie a Reforma e diversas entidades da cadeia produtiva manifestou-se a favor da Reforma da Previdência, chamada de Nova Previdência. Para ampliar o apoio à questão, o movimento desenvolveu um vídeo e compartilhou em seus canais nas redes sociais. Conheça o vídeo!

Entidades participantes

Integram a frente Reformar para Mudar as seguintes entidades:

Aabic (Associação das Administradoras de Bens Imóveis e Condomínios do Estado de São Paulo)

Abifer (Associação Brasileira da Indústria Ferroviária)

Abrainc (Associação Brasileira das Incorporadoras)

Abrasce (Associação Brasileira de Shopping Centers)

Abrasip (Associação Brasileira de Engenharia de Sistemas Prediais)

Abrinstal (Associação Brasileira pela Conformidade e Eficiência de Instalações)

ACSP (Associação Comercial de São Paulo)

Adit (Associação para o Desenvolvimento Imobiliário e Turístico do Brasil)

ADVB (Associação dos Dirigentes de Vendas e Marketing do Brasil)

Aelo (Associação das Empresas de Desenvolvimento Urbano)

Apeop (Associação para o Progresso de Empresas de Obras de Infraestrutura Social e Logística)

AsBea (Associação Brasileira dos Escritórios de Arquitetura)

Ashop (Associação Brasileira de Lojistas de Shopping)

Brasinfra (Associação Brasileira dos Sindicatos e Associações de Classe de Infraestrutura)

CBIC (Câmara Brasileira da Indústria da Construção)

Cofeci (Conselho Federal dos Corretores de Imóveis

Deconcic/Fiesp (Departamento da Indústria da Construção e Mineração da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo)

Fiabci-Brasil (Federação Internacional das Profissões Imobiliárias)

IE (Instituto de Engenharia)

Sciesp (Sindicato dos Corretores de Imóveis do Estado de São Paulo)

Secovi-SP (Sindicato da Habitação)

Sinaenco (Sindicato Nacional das Empresas de Arquitetura e Engenharia Consultiva)

SindusCon-SP (Sindicato da Indústria da Construção Civil do Estado de São Paulo)

Sinicesp (Sindicato da Indústria da Construção Pesada do Estado de São Paulo)

Sobratema (Associação Brasileira de Tecnologia para Construção e Mineração)

SRB (Sociedade Rural Brasileira)

Fonte: SindusCon-SP