Indicadores

Novembro 2018

Destaque do terceiro trimestre, lançamentos avançam 20,4% frente ao mesmo período de 2017
Nos últimos 12 meses, alta no volume lançado é de 28,9%, impulsionada pelo segmento residencial de médio e alto padrão

De acordo com informações de empresas associadas à Abrainc, os lançamentos de imóveis novos somaram 15.574 unidades em setembro de 2018, totalizando 25.638 unidades no terceiro de 2018 (aumento de 20,4% face ao observado no mesmo período de 2017) e 97.273 unidades nos últimos 12 meses (volume 28,9% superior ao registrado nos 12 meses precedentes). As vendas de imóveis novos reportadas pelas associadas, por sua vez, contabilizaram 8.864 unidades no último mês, colaborando para um volume de 27.457 unidades vendidas no terceiro trimestre de 2018 (recuo de 2,2% na comparação com o mesmo período de 2017) e um total de 114.580 unidades vendidas nos últimos 12 meses (alta de 8,9% frente aos 12 meses precedentes). Entre os destaques do terceiro trimestre, é necessário ressaltar o avanço dos lançamentos residenciais de médio e alto padrão (MAP), com aumento de 10,3% em volume na comparação com o terceiro trimestre de 2017, e o desempenho nos lançamentos do programa Minha Casa Minha Vida (MCMV), com alta de 27,2% comparação com o mesmo período do ano passado. Em combinação, o resultado dos segmentos residenciais (MAP e MCMV) no terceiro trimestre aponta uma alta de 24,4% nos lançamentos da incorporação, na comparação com as unidades lançadas entre julho e setembro de 2017.Quanto à distribuição, os empreendimentos de médio e alto padrão (MAP) responderam por 22,8% das unidades residenciais lançadas e 30,1% das unidades residenciais vendidas ao longo dos últimos 12 meses. O segmento MAP registrou alta expressiva nos lançamentos (+64,7%) no período, em contraste com o comportamento das vendas, que ainda registram uma retração de 4,6% com referência ao total de unidades vendidas nos 12 meses precedentes. Em relação ao programa Minha Casa Minha Vida (MCMV), responsável pela maior parte dos lançamentos (77,2%) e vendas residenciais (69,9%) nos últimos 12 meses, observou-se uma alta de 20,3% no volume de unidades lançadas no período, tendência similar ao avanço nas vendas de imóveis novos do segmento (+18,7%). Em conjunto, os empreendimentos residenciais, que incluem tanto imóveis dos segmentos MAP quanto os associados ao programa MCMV*, contabilizaram avanços de 28,2% e 10,6%, respectivamente, no número de lançamentos e vendas de imóveis novos nos últimos 12 meses.

Veja AQUI
Continuar Lendo