Imprensa

Venda de imóveis no Rio bate R$ 5 bilhões, o dobro do pré-pandemia

Em relação ao ano passado, a alta foi de 126%, aponta pesquisa inédita da consultoria Brain e da ABRAINC

O volume de imóveis vendidos no Rio na primeira metade do ano bateu a marca de R$ 5,2 bilhões, o dobro do registrado no primeiro semestre de 2019, quando não havia pandemia. Os números são de pesquisa inédita da consultoria Brain e da ABRAINC, que reúne incorporadoras. Em relação ao ano passado, a alta foi de 126%.

O levantamento comprova que a combinação de juros baixos, demanda represada e home office vem impulsionando o mercado imobiliário a despeito da recessão e da pandemia.

As vendas estão bem mais velozes que os lançamentos. Nos primeiros seis meses deste ano, lançou-se no mercado do Rio o equivalente a R$ 2,72 bilhões em Valor Geral de Vendas (VGV). Praticamente todos os empreendimentos lançados são do segmento residencial, atestando quão grave foi o baque sofrido pelo mercado de imóveis comerciais na pandemia.

O volume lançado representou um avanço de 76% na comparação com o mesmo período do ano passado e de 11% frente à primeira metade de 2019, no pré-pandemia.

Publicado no jornal O Globo