Imprensa

Construtoras se preparam para novo ciclo de crescimento econômico

otimismo do mercado financeiro com as ações de construtoras e incorporadoras

A perspectiva de que a economia brasileira irá reencontrar o caminho do crescimento é o principal motor de propulsão para o otimismo do mercado financeiro com as ações de construtoras e incorporadoras.

Como parte das empresas que vão bem quando a economia doméstica prospera, essas empresas já vêm dando sinais de que estão se preparando para um aumento da demanda por imóveis na esteira do (esperado) aumento do PIB (Produto Interno Bruto).

Segundo dados da Abrainc (Associação Brasileira de Incorporadoras Imobiliárias), os lançamentos imobiliários somaram 16.298 unidades em junho de 2019, no segundo maior volume mensal lançado da série histórica.

No primeiro semestre, foram 45.085 unidades lançadas, volume 10,1% acima do registrado no mesmo período de 2018. A maior parte dos lançamentos residenciais (76%) e das vendas residenciais (70,3%) realizadas nos últimos 12 meses ainda corresponde a unidades do Programa Minha Casa Minha Vida.

Os empreendimentos residenciais de médio e alto padrão foram responsáveis por 24% das unidades lançadas e 29,7% dos imóveis vendidos em 12 meses até junho.

“Daqui para o fim do ano ainda vai continuar nesse ritmo forte de lançamento e vendas”, afirma Raul Grego, analista da Eleven Financial.