A publicação reúne recomendações da Abrainc e iniciativas desenvolvidas pelas incorporadoras nos canteiros de obras por todo o País.

Abrainc publica manifesto contra paralisação do país

Vídeo educativo sobre distrato produzido pela Abrainc está disponível no YouTube

previous arrowprevious arrow
next arrownext arrow
Slider

 

21 de Fevereiro de 2017

Indicadores Abrainc-Fipe mostram alta nos lançamentos e ligeira queda nas vendas

releases

 

Ano também foi marcado pelo aumento nas entregas e queda no número absoluto de distratos face a 2015

São Paulo, 20 de fevereiro de 2017Os Indicadores Abrainc-Fipe mostram que, ao longo de 2016, foram lançadas 69,8 mil unidades, um aumento de 9,0% face ao número de lançamentos de 2015. Considerando o mesmo horizonte de análise, as vendas totalizaram 103,2 mil unidades (queda de 8,0% com relação ao ano anterior), enquanto as entregas somaram 140,9 mil unidades (aumento de 11,4% frente a 2015).
As vendas permaneceram praticamente estáveis no período (-0,2%), enquanto as entregas apresentaram aumento de 60%, alcançando o patamar de 22,3 mil unidades. A razão Vendas sobre Oferta (VSO) em dezembro de 2016 foi de 7,6%, indicando que a oferta disponível seria suficiente para garantir o abastecimento do mercado por cerca de 13,2 meses, mantido o ritmo de vendas atual. Considerando a safra de lançamentos mais antiga da série histórica (primeiro trimestre de 2014), a proporção de unidades distratadas entre as unidades vendidas é de 22,9%.

Distratos

Em dezembro de 2016, foram distratadas 3.080 unidades, o que representa uma queda de 14,3% frente ao número de distratos observados em dezembro de 2015. O volume distratado em dezembro de 2016 é, também, 8,9% inferior ao número de dezembro de 2014.

Em 2016, o total de distratos acumulado foi de 44.233 unidades, patamar 7,1% inferior ao observado ao longo de 2015 e 2,5% inferior ao total de distratos em 2014.

Metodologia do estudo

Os Indicadores ABRAINC-Fipe são elaborados pela Fipe com informações de 20 das 34 associadas da ABRAINC que atuam em todo o país.
O estudo, lançado em agosto de 2015, vem sendo construído pela Fipe desde janeiro de 2014, é o primeiro conjunto de indicadores do setor imobiliário obtidos nacionalmente.

Para a composição dos Indicadores são consideradas informações sobre lançamentos, vendas, entregas, oferta final e distratos do mercado primário de imóveis residenciais e comerciais.

Os dados que compõem os Indicadores são fornecidos à Fipe mensalmente pelas empresas associadas à ABRAINC. Após compilar os dados, é feita cuidadosa verificação para garantir a consistência das informações e, se for o caso, as empresas são contatadas para eventuais ajustes ou validação. Em seguida, com os dados validados, os Indicadores ABRAINC-Fipe são calculados e, posteriormente, disponibilizados.