Notícias

NEM1PRATRÁS: Dia Mundial da Educação (28)

Fundação Roberto Marinho promove, em abril, mobilização nacional pelo acesso à educação de qualidade para todos

  • Tendo como meta o lema “Não deixar ninguém para trás”, dos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável – ODS (ONU), Fundação Roberto Marinho realiza ações com foco nas soluções para os principais desafios da Educação brasileira
  • Em parceria com instituições que defendem a mesma causa, soma forças pelo direito de acesso à escolaridade de qualidade e à inclusão qualificada no mundo do trabalho para todos, em campanha assinada com a hashtag #Nem1PraTras
  • Em 28 de abril, Dia da Educação, o Futura terá 24 horas de programação exclusiva sobre Educação

Mobilizar a sociedade em prol da garantia do direito ao acesso à Educação por todos os brasileiros. Esta é a proposta da Fundação Roberto Marinho para o mês de abril, quando é celebrado o Dia Mundial da Educação (28). As mobilizações pelo Dia da Educação – Nem1PraTrás acontecem em todo o País, com apoio de mais de 70 instituições, como UNICEF, Instituto Ayrton Senna, Instituto Votorantim, Fundação Lemann, Fundação Itaú Social, TV Globo, Explorum entre outras.

Para ressaltar a urgência da causa, a mobilização social se dará em diversas plataformas de mídia durante todo o mês (incluindo os canais próprios e de todos os parceiros da iniciativa). Um Guia de Atividades, com sugestões sobre como organizar atividades presenciais que tratem dos desafios da educação foi criado, e está disponível em http://www.diadaeducacao.org para as instituições – públicas, privadas e do terceiro setor — e pessoas físicas aderirem à ação e realizar iniciativas também em seus territórios de atuação.

#Nem1PraTras

A ação da Fundação Roberto Marinho, marcada com a hashtag #Nem1PraTras, é inspirada no lema “No one left behind”, dos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável – ODS (ONU), uma mobilização mundial em prol da adoção de políticas nacionais integradas, sendo uma delas a Educação de Qualidade.

“Todos nós podemos fazer a nossa parte para não deixar nenhuma criança, jovem ou adulto sem o direito à Educação. A partir do chamamento #Nem1PraTras, e das ações que realizamos na Fundação Roberto Marinho e no Futura, precisamos lembrar e trabalhar juntos para garantir este direito, e que também não podemos deixar #Nem1SemEscola, #Nem1SemProfessor, #Nem1SemAprender, e por aí vai”, reforça João Alegria, Gerente Geral do Futura.

O desafio é imenso. De acordo com o Censo Escolar 2018, as matrículas nas escolas públicas brasileiras vêm caindo desde 2014 e o maior motivo de preocupação é o Ensino Médio. Nos últimos cinco anos, foram menos 591 mil jovens matriculados, representando uma queda de 7%. Hoje, 1,3 milhão de jovens brasileiros, com idades entre 15 e 17 anos, estão fora da escola, e, dos jovens com idade entre 15 e 29 anos, 35% só trabalham e não estudam e 23% não estudam nem trabalham (Pnad Contínua 2017 – IBGE).

No dia 28, o Futura terá 24 horas de programação exclusiva sobre Educação, com apresentação da jornalista Luciana Barreto. Esta programação especial inclui o lançamento da série Entrevista, com Priscila Cruz, presidente do movimento Todos pela Educação, dentre outros. O Dia da Educação, celebrado em 28 de abril, foi criado em 2000, durante o Fórum Mundial de Educação, realizado em Dakar, Senegal, quando ficou estabelecido o compromisso dos países signatários de levar Educação básica para todos.

Mobilização e participação nas Redes Sociais Para participar da mobilização nacional pela Educação, é possível enviar vídeos e sugestões para esta ação pelo whatsapp (21) 99416-6489. Nas redes sociais, a campanha incentiva o uso das hashtags #DiadaEducacao e #Nem1PraTras. No canal do YouTube do Dia da Educação, vídeos diários, apresentados pela jornalista Luciana Barreto, tratam de temas como a carreira de professor, a Base Nacional Curricular Comum (BNCC), o Plano Nacional de Educação (PNE), entre outros.

Marca reforça o conceito da campanha pela Educação Básica para Todos VER, INCLUIR e AGIR são os verbos que constituem o tripé conceitual da marca #Nem1PraTrás, criada em parceria com a agência C-Brand. A hashtag reforça a não aceitação e, ao mesmo tempo, convoca a sociedade para uma atitude: nenhum pode ficar para trás!

A palavra NEM ganha peso visual através da fonte Gill Sans, muito utilizada em quadros de exames oftalmológicos e o número 1 sobreposto à palavra, representando, assim, o indivíduo em busca de um grupo para se juntar. Este efeito gráfico simboliza a ação desejada e coloca o humano em primeiro plano. A força da expressão Nem 1 sugere uma evolução onde outros temas específicos poderão ser abordados, como por exemplo, Nem1SemEscola, Nem1SemApoio, Nem1SemEsporte, e assim sucessivamente.

No segundo plano vem o complemento da expressão PraTrás, representada graficamente por cinco tons que integram a paleta de cores, e apresentam a diversidade de grupos, pessoas e comportamento. A força visual da marca ganha relevância, pois a sua construção permite que conviva em harmonia com a figura humana, que, por sua vez, passeia pelos planos das letras compondo a expressão #Nem1PraTrás.

Sobre a Fundação Roberto Marinho: A Fundação Roberto Marinho inova, há 40 anos, em soluções de educação para não deixar ninguém para trás. Desenvolve projetos voltados para a escolaridade básica e para a solução de problemas educacionais que impactam nas avaliações nacionais, como distorção idade-série, evasão escolar e defasagem na aprendizagem. Atua em soluções de educação, com foco em correção de fluxo e projeto complementar, e na inclusão de jovens no mundo do trabalho. Seus projetos atuam de forma integrada a diversas outras ações relacionadas às dez competências da Base Nacional Comum Curricular (BNCC), visando contribuir para uma sociedade mais ética, inclusiva, sustentável e solidária. Mais informações em: http://www.frm.org.br.

Assessoria de Imprensa Approach Comunicação Maria Estrella – maria.estrella@approach.com.br – (21) 3461-4616 r. 108 Bianca G. Sallaberry – bianca.gomes@approach.com.br – (21) 3461-4616 r. 192

Fundação Roberto Marinho Adriana Martins – adriana@frm.org.br – (21) 3232-8864 Luciana Gondim – luciana.gondim@frm.org.br – (21) 3232-8921