Indicadores

Fevereiro 2018

Resultados do 4º trimestre confirmam recuperação dos lançamentos e vendas da incorporação em 2017
Números consolidados do ano apontam aumento nos lançamentos (29,7%) e vendas (15,3%) na comparação com 2016

De acordo com informações de empresas associadas à Abrainc, os resultados consolidados do 4º trimestre de 2017 indicaram crescimento expressivo dos lançamentos (+29,7%) e vendas (+15,3%) de imóveis novos pela incorporação imobiliária, na comparação com o último trimestre do ano anterior.

Com esses resultados, é possível confirmar a trajetória positiva da incorporação imobiliária em 2017, período em que se observou um aumento de 18,2% das unidades lançadas e de 6,1% no total de unidades vendidas, ambos na comparação com os volumes obtidos pela incorporação em 2016. Já na comparação com demais anos da série histórica, é interessante destacar que, embora as vendas em 2017 ainda tenham se mantido abaixo dos números observados em 2015 (-2,5%) e 2014 (-16,6%), o total de imóveis novos lançados em 2017 superou o total registrado tanto em 2015 (+28,9%) quanto em 2014 (+8,2%).

Pela ótica por segmento, ainda é possível constatar diferenças no desempenho recente dos empreendimentos residenciais de médio e alto padrão (MAP) e dos empreendimentos residenciais vinculados ao programa Minha Casa Minha Vida (MCMV). De um lado, embora os lançamentos residenciais de médio e alto padrão tenham avançado no somatório de 2017 (+12,5%), as vendas do segmento acumularam uma queda de 10,6% em relação a 2016. Tal quadro contrasta com os números positivos registrados pelos empreendimentos do programa MCMV, que incluem tanto o aumento no volume de lançamentos (+23,2%) quanto nas vendas (+28,1%) de unidades em 2017, ambos na comparação com números de 2016.

Considerando todos os segmentos, foram contabilizados com 34,6 mil distratos ao longo de 2017, o equivalente a 31,6% das vendas de imóveis novos. No mesmo período, a relação entre distratos e vendas do segmento MAP foi de 43,8% enquanto esse percentual foi de 17,0% entre empreendimentos MCMV.

Levando-se em conta a safra de lançamentos mais antiga na série histórica (1º trimestre de 2014), a proporção de distratos entre as unidades vendidas do segmento MAP é de 34,6%, percentual que supera o registrado para a mesma safra de empreendimentos do programa MCMV (21,1%).

Veja AQUI
Continuar Lendo