Abrainc News

Diretrizes para o combate e resposta à Covid-19

Os protocolos incluem medidas de prevenção, detecção e resposta rápida projetadas para manter a segurança dos trabalhadores, da sociedade e a continuidade dos negócios em toda a indústria da construção

Esta documentação estabelece protocolos básicos e recomendações para a continuidade das atividades da indústria da construção civil de forma responsável, segura e saudável, durante a pandemia da Covid-19.

Os meios para atingir os protocolos variam de acordo com o tipo de construção, tamanho do local, natureza da atividade ou outras condições. Caberá às empresas definir seu nível de controle em função de suas condições específicas.

O princípio básico desses protocolos é proteger a saúde e a segurança de todos os trabalhadores necessários para desempenhar funções durante a crise da Covid-19, bem como contribuir com a proteção, de uma forma mais ampla, da comunidade, em relação à transmissão e disseminação do vírus.

Os protocolos incluem medidas de prevenção, detecção e resposta rápida projetadas para alcançar o princípio acima, mantendo a continuidade dos negócios em toda a indústria da construção.

As recomendações inclusas neste documento estão sujeitas à revisão contínua e têm como base os aprendizados e conhecimentos adquiridos até 25/05/2020 e podem ser modificados se a situação epidemiológica assim exigir e, determinações de novas condutas e procedimentos da Organização Mundial de Saúde (OMS), ANVISA (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), Ministério da Saúde e Sociedades Médico-Científicas.

A mitigação do risco de transmissão da Covid-19 é uma responsabilidade de todas as pessoas envolvidas no ambiente da construção, quer empregadores ou trabalhadores. Embora conscientes do seu papel diante de um ambiente tão controverso e inédito, cabe aos empregadores planejar de forma adequada ações de prevenção, concentrando-se na gestão do trabalho para minimizar os riscos e procurar manter a saúde das pessoas envolvidas nas atividades que envolvem a indústria da construção.

Em alinhamento com as determinações do Ministério da Saúde e da Subsecretaria de Inspeção do Trabalho da Secretaria Especial da Previdência e Trabalho do Ministério da Economia, as medidas de prevenção foram estruturadas em cinco passos:

  1. Antes de chegar ao local de trabalho
  2. Ao entrar no local de trabalho
  3. Durante a realização do trabalho
  4. Na saída do local de trabalho
  5. Protocolos de Gerenciamento

Confira a íntegra e faça o download da cartilha abaixo!