Associadas Abrainc

Grupo Patrimar reduz emissão de CO2 na atmosfera

Conceitos e tecnologias voltados ao cuidado com o meio ambiente são adotados pelo grupo como forma de colaborar com a preservação dos recursos naturais do planeta

Em busca de ampliar a utilização de recursos sustentáveis, o Grupo Patrimar assinou, recentemente, um acordo com a Mori Energia e a Cemig SIM que visa à utilização de energia limpa e a redução do custo para empreendimentos do grupo e sua sede. Além do fator econômico, a utilização da energia fotovoltaica contribui com a sustentabilidade, pois é realizada a partir do uso de energia solar. A medida já rendeu resultados positivos, no primeiro mês o grupo obteve uma economia de 20% no valor do consumo de energia e deixou de emitir 2.420 Kg CO 2 na atmosfera.

“Nossas negociações com a Cemig SIM, para geração de energia fotovoltaica, foram finalizadas em outubro de 2019. A usina entrou em operação em dezembro do mesmo ano e em janeiro de 2020 já recebemos as primeiras faturas da conta de energia com esse ótimo resultado. A energia fotovoltaica é uma alternativa limpa e renovável e está em total sintonia com o que o Grupo Patrimar busca, investir em soluções sustentáveis, que, consequentemente, contribuem para a qualidade de vida da população”, destaca a gerente administrativo do Grupo Patrimar, Patrícia Bernardino.

Além da sede, a alternativa também tem sido utilizada nos estandes e obras dos empreendimentos Avignon, no bairro Santo Antônio, La Reserve e DUO, no Jardim das Mangabeiras, na região de Nova Lima. “A nossa ideia é implantar em mais obras e estandes, além de incentivar a contratação da energia fotovoltaica pelos empreendimentos já entregues. Inclusive alguns já fecharam a parceria, um deles é o Manhattan Square, na Savassi”, comenta Patrícia Bernardino.

Conceitos e tecnologias voltados ao cuidado com o meio ambiente são adotados pelo grupo como forma de colaborar com a preservação dos recursos naturais do planeta. Com a parceria, a energia é gerada remotamente em áreas com radiação solar mais favorável e continua chegando pela rede da distribuidora, porém com menor custo. Para a construção das usinas, a Mori Energia firmou parceria com a Cemig SIM. Juntas, as empresas visam implantar 32 usinas solares fotovoltaicas em 17 cidades do Estado. A estimativa é de que as usinas – que têm potência instalada de 200 MW, cada – gerem 300 gigawatts/hora por ano de energia limpa, renovável e eficiente.

Sustentabilidade – Máximo aproveitamento dos recursos naturais como racionalização do uso da energia, com uso de placas fotovoltaicas para captação de energia solar, suprindo o consumo de energia das áreas comuns do condomínio, além da utilização de lâmpadas de LED, sensores de presença nos halls de escada e nas garagens são atitudes que o Grupo Patrimar sempre adota.

Além disso, a construtora utiliza tecnologias que permitem economia de água, como sistema de reaproveitamento de águas pluviais para irrigação e lavagem das áreas comuns, torneiras com temporizador e instalações sanitárias das áreas comuns com sistema dual flux, que se baseia no procedimento de duplo acionamento de descarga para caixa acoplada dos sanitários, com potencial de até 60% de economia de água.

Também fazem parte das soluções sustentáveis nos condomínios do grupo, bicicletário e bicicletas compartilhadas, incentivando a utilização consciente desse meio de transporte, estação de recarga para carros elétricos e lixeiras para coleta seletiva.

Fonte: Diário do Comércio