Imprensa

Rádio Nacional de Brasília repercute dados da ABRAINC sobre alta nos lançamentos de imóveis

O país apresentou crescimento de 42,1% no número de lançamentos imobiliários no trimestre de novembro a janeiro deste ano em comparação com o mesmo período do ano passado

O país apresentou crescimento de 42,1% no número de lançamentos imobiliários no trimestre de novembro a janeiro deste ano em comparação com o mesmo período do ano passado. Também houve uma retração de 7% nas vendas de imóveis novos nesse período. Os dados foram apresentados pela ABRAINC, a Associação Brasileira de Incorporadoras, nesta semana.

De acordo com Luiz França, o presidente da associação, a queda nas vendas pode ser explicada pelo aumento dos custos na construção assim como a queda na renda das famílias que prejudicou as vendas do programa Casa Verde Amarela.

Por outro lado, a alta no número de lançamentos imobiliários pode ser explicada tanto pelo fato de ter havido uma queda grande no número de lançamentos em 2020 como também pela grande oferta de crédito imobiliário dos bancos, quando no período as taxas de juros estavam baixas.

E as perspectivas para 2022 do setor são otimistas. De acordo com Luiz França, ele espera um crescimento de lançamentos imobiliários na ordem de um dígito neste ano.

Ouça a conteúdo abaixo:

 

Fonte: Rádio Agência Brasil