Abrainc News

Abrainc prestigia lançamento da CNN Brasil

A emissora estreia no próximo domingo, dia 15/03, a partir das 20h, no canal 577 das principais operadoras de TV por assinatura (Claro/Net, Sky, Oi e Vivo)

Foi realizada nessa segunda-feira (09), na Oca do Ibirapuera, a festa de inauguração da CNN Brasil. Estiveram no lançamento, o presidente em exercício, general Hamilton Mourão, os presidentes da Câmara e do Senado, Rodrigo Maia e Davi Alcolumbre, o presidente do Supremo Tribunal Federal, Dias Toffoli, além de governadores e diversos empresários.

O sócio-investidor do canal, Rubens Menin, que também é conselheiro da Abrainc e presidente dos Conselhos Administrativos da CNN, MRV, Banco Inter e Log, salientou a importância de trazer para o Brasil a principal marca de jornalismo do mundo. Ele falou sobre os princípios da emissora, que estreia no próximo domingo, dia 15/03, a partir das 20h, no canal 577 das principais operadoras de TV por assinatura (Claro/Net, Sky, Oi e Vivo).

Segundo Menin, é essencial para qualquer país democrático ter um jornalismo transparente, isento e profissional. “Sou brasileiro, amo este país. Temos negócios neste país. E o que a gente mais quer é que o Brasil vá para a frente. Só isso já seria suficiente para levar este projeto adiante. Estamos muito confiantes no sucesso do canal no Brasil”, disse.

O presidente da Abrainc, Luiz França, afirmou que a chegada desse importante veículo é um marco para o Brasil e para a liberdade de imprensa. “A CNN, com sua credibilidade e reconhecimento internacional, fortalecerá a transparência na transmissão de informação com democracia e ética no jornalismo”.

“Parabenizo a todos os envolvidos e, em especial ao empreendedor e apoiador do jornalismo, Rubens Menin, pela coragem em assumir mais esse grande desafio que trará reflexões e debates propositivos para o nosso país”, complementou França.

A sede da CNN Brasil, localizada na Avenida Paulista, conta com quatro mil metros quadrados de estúdio e mais de 450 profissionais contratados, sendo 160 jornalistas. Haverá sucursais também em Brasília e no Rio de Janeiro. O canal terá conteúdo 100% digital e promete atingir 60 milhões de pessoas por dia com conteúdo multiplataforma, com mais de 17 horas de programação ao vivo na TV.